Páginas

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Conficker está ativo e infecta 50 mil PCs por dia, alertam especialistas

Por IDG News Service / EUA Publicada em 21 de maio de 2009 às 08h31 São Francisco - Brasil, Estados Unidos e Índia estão entre os mais atingidos pela praga que explora falha no Windows, alerta Symantec. A praga Conficker ainda está infectando PCs rapidamente, em uma média de 50 mil máquinas por dia, especialmente em países como Brasil, Estados Unidos e Índia, informou a empresa de segurança de dados Symantec, na quarta-feira (20/05). "Atenção da mídia em torno do Conficker/Downadup parece ter acabado, mas ele ainda está se espalhando rápido e amplamente", observou a Symantec em seu blog. O Conficker começou a se espalhar no fim do ano passado aproveitando-se de uma falha, corrigida recentemente, no sistema operacional Windows, e ganhou atenção em março deste ano, quando ameaçou paralisar a internet no dia 1º de abril, o que não ocorreu. Entretanto, especialistas em segurança alertam que agora há milhões de computadores comprometidos pela praga, o que compõe a maior rede mundial de botnets - máquinas zumbi prontas para liberar ataques. "Todo mundo foi atingido. Até a Microsoft tem infecções", disse Rick Wesson, membro do Grupo de Trabalho Conficker e Chief Executive Officer da empresa Support Intelligence. Por meio de servidores capazes de se comunicar com as máquinas infectadas, o grupo identificou que grandes empresas, que figuram na lista das mil maiores da revista Fortune, estão comprometidas. "[O Conficker] ainda é um botnet significante. Embora não tenha feito nada de representativo, ainda não foi embora" disse Andre DiMino, co-fundador da The Shadowserver Foundation, membro do grupo de trabalho que estuda a praga. "Esta coisa não está morta", alertou DiMino. Robert McMillan, editor do IDG News Service, de São Francisco

Um comentário:

Maldonado disse...

Felizmente tenho um bom anti-vírus que é actualizado diariamente, por isso acho que estou a salvo. :)


PS: O que se passa com os Feeds do teu blog? É que não consigo aceder às tuas actualizações no Reader...

Diretas sempre

Tratando da natureza!

Tratando da natureza!